Mais de 1000 pessoas participaram da 17ª Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas e entrega do Prêmio Responsabilidade Socioambiental da Câmara Municipal de São Paulo

Há 17 anos acontece em São Paulo a Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas, que tem como objetivos intermediar o diálogo entre cidadãos, instituições, iniciativa privada e governo, para aprofundar a discussão sobre os três pilares da sustentabilidade: ambiental, econômico e social e propor políticas públicas e legislações de caráter mais objetivo e resolutivo. Esse evento é fruto da lei de autoria do vereador Gilberto Natalini (PV), que é o proponente e presidente da Conferência. Mais de 1000 pessoas passaram pelo evento, entre jovens, idosos, lideranças comunitárias, empresários, ambientalistas, religiosos, imprensa e políticos. 

Neste ano agregou-se à Conferência, o 2º Fórum Internacional da Mãe Terra, organizado pela ONG Mapas, que conta com o apoio da ONU.

Os dois eventos entraram para o calendário da Semana Estadual do Meio Ambiente, em parceria com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente. 

A programação da Conferência que aconteceu no dia 4 de junho, na Câmara Municipal de São Paulo, teve como tema: Direitos da Natureza, foi aberta por uma mesa diretora, onde autoridades de diversas áreas do governo estadual e municipal e entidades da sociedade civil  apresentaram ações focadas nas questões de sustentabilidade. A palestra magna foi ministrada pelo Secretário de Estado de Meio Ambiente, Mauricio Brusadin. A programação contou com  duas mesas de debate e ainda  com palestras de profissionais da área acadêmica, governamental e sociedade civil e uma mesa inter-religiosa, onde líderes religiosos apresentaram o que as suas crenças realizam com relação ao tema. Na ocasião também foi entregue o Prêmio Responsabilidade Socioambiental outorgado pela Câmara Municipal de São Paulo.  

O Prêmio Responsabilidade Socioambiental, instituído pela Resolução 02/2011, destina-se a homenagear as pessoas físicas ou jurídicas que se destacarem na área de tecnologia do meio ambiente. Os premiados do Prêmio Responsabilidade Socioambiental 2018 foram: Programa Verdejando da TV Globo, Projeto Rios e Ruas, Pátio Victor Malzoni, Volf Steinbaum (in memorian) e Alessandro Azzoni. Todos receberam um certificado e uma medalha. 

O movimento mundial dos Direitos da Natureza é uma iniciativa apoiada pelas Nações Unidas, por meio da plataforma Harmony with Nature, que busca a incorporação dos direitos da natureza na legislação das cidades e a ampliação da consciência de que o meio ambiente não está somente ao serviço das pessoas, e sim que haja uma relação de coexistência com o meio ambiente, como outro ser que divide esse espaço comum, a Terra. A Conferência pretende demonstrar na prática ações congruentes com uma vida em harmonia com a Natureza, que respeita os Direitos da Natureza, disseminando uma nova perspectiva de viver em harmonia com a natureza, não tratando somente do meio ambiente, mas do bem viver de todos os membros da comunidade da terra. 

A Origem

A ONU recepcionou este conceito ao aprovar na 71ª Assembleia Geral em 2011 a proposta da Bolívia de criar uma plataforma Harmony with Nature e desde então tem se realizado diálogos internacionais para intercâmbio. Diversos países e governos subnacionais incorporaram em seu arcabouço legal dispositivos a respeito, com destaque para o Equador, que emendou sua constituição para acolher os Direitos da Natureza. Há países com escassez de recursos hídricos, como Israel, que no planejamento do rateio da água considera o quinhão para a Natureza, ao lado dos usos domésticos, irrigação agrícola, industrial e recreativo. A iniciativa de conferir à Natureza titularidade de direito, se traduz em desdobramentos, pois enseja permear toda política e ação pública.

“A Conferência P + L é um fórum de discussão municipal sobre ocupação do espaço urbano relacionado com o meio ambiente e sustentabilidade. Estamos em nossa 17ª edição, sentimos que precisávamos de algo a mais e com isso trouxemos para o evento o Fórum Internacional de Direitos da Mãe Terra e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Fiquei muito feliz com o resultado e a presença maciça de pessoas preocupadas com as questões ambientais”, comenta Gilberto Natalini, proponente do evento.

Cenário de Iniciativas Sustentáveis

Na área de exposição, o público teve oportunidade de conhecer diversos exemplos de projetos, produtos e serviços alinhados às questões de sustentabilidade, com o conceito de produzir mais e melhor com menos, com boas iniciativas e tecnologias promissoras em favor da sustentabilidade. Entre as campanhas estava a de Coleta de Pilhas, Baterias Portáteis e Produtos Eletrônicos, organizada pela FECOMERCIOSP e pela GREEN Eletron.

Serviço

17ª Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas da Cidade de São Paulo 
4 de junho de 2018 l 8h30 às 17h  
Câmara Municipal de São Paulo- Salão Nobre
Vd. Jacareí, 100- 8º andar

O hotsite do evento é www.natalini.com.br



Saúde SUS    Meio Ambiente e Sustentabilidade    Urbanismo    Biblioteca    Demais Atividades     ComissaoDaVerdade