Campanha Óleo Zero na Natureza- Ação Concreta de Preservação

Neste sábado (14), aconteceu no salão da Igreja Bom Jesus do Cangaíba, a reunião para organização da Campanha Óleo Zero na Natureza. Organizada pelo vereador Gilberto Natalini (PV/SP), o evento contou com a presença de aproximadamente 80 lideranças populares, representantes de órgãos públicos (SABESP, Supervisão de Saúde, Coordenadores de Parques, Igreja…), além da Retióleo, empresa responsável pela organização e recolhimento do óleo e encaminhamentos para produção de biodiesel ou produtos de limpeza livres de agressivos ambientais.  

O óleo de cozinha, quando retido no encanamento, causa entupimento das tubulações e faz com que seja necessária a aplicação de diversos produtos químicos para a sua remoção. Se não existir um sistema de tratamento de esgoto, o óleo acaba se espalhando na superfície dos rios e das represas, contaminando a água e prejudicando a vida de muitas espécies que vivem nesses habitats.

Dados apontam que com um litro de óleo é possível contaminar mais de 20 mil litros de água. Se acabar no solo, o líquido pode impermeabilizá-lo, o que contribui com enchentes e alagamentos. Além disso, quando entra em processo de decomposição, o óleo libera o gás metano que, além do mau cheiro, agrava o efeito estufa e é mais poderoso que o gás carbônico.

A partir da reunião foi definida a instalação de alguns pontos de coleta e também a confecção de um material educativo. 

 

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

You must be logged in to post a comment.



Saúde SUS    Meio Ambiente e Sustentabilidade    Urbanismo    Biblioteca    Demais Atividades     ComissaoDaVerdade