Câmara Municipal de São Paulo realiza Sessão Solene em homenagem ao projeto Comida di Buteco

O vereador Gilberto Natalini (PV/SP) presidiu a Sessão Solene em homenagem ao projeto Comida di Buteco, que contou com a presença dos organizadores do concurso Ronaldo Perri, Maria Eulália Araújo, Flávia Rocha e Felipe Tosta; Sr. Anésio de Campos- representando o secretário de cultura José Luiz de França Penna, e dos aproximadamente 50 representantes dos mais variados “butecos” de São Paulo, como por exemplo O Famoso Bar do Justo, Barbirô, Maria Farofa, etc. O concurso está em sua 19ª edição.

Natalini se definiu como um amante da cultura paulistana e os “butecos” fazem parte dessa história.  Afirmou que os bares são uma extensão do lar dos paulistanos, como se fosse um reencontro de vida, reafirmando todo o seu apoio para este concurso dar certo.

O Comida di Buteco não é um festival e sim, um concurso, uma competição onde os votos definem um ranking dos participantes e cujos 20% últimos colocados, perdem o direito de participar no ano subsequente. No período da competição, o público tem todo o mês para visitar quantos “butecos” quiser, comer, votar e ajudar a eleger os melhores do Brasil. Este projeto nasceu em 2000, com o objetivo de resgatar os bares autênticos, aqueles que todo mundo carrega no coração. “Buteco” com “u”, é como os mineiros chamam carinhosamente seus bares. Significa acima de tudo simplicidade e autenticidade. Sempre foi sinônimo de comida boa, ambiente democrático e descontração.

Pela primeira vez, o concurso terá o apoio do poder público, ajudando oficialmente ainda mais em seu sucesso e renda cultural.

“Os bares estão se renovando, as pessoas começaram a conviver mais nesses espaços. É como se fosse um time de futebol, uma religião para os frequentadores, um lugar de aconchego e felicidade. É também um meio de trabalho”, disse Natalini.



Saúde SUS    Meio Ambiente e Sustentabilidade    Urbanismo    Biblioteca    Demais Atividades     ComissaoDaVerdade