Categoria: Notícias

Banco Mundial deixará de financiar projetos de energia fóssil

O mundo corporativo está começando a reagir para valer diante da magnitude e extrema gravidade das mudanças climáticas que vão afetar fortemente os negócios. O sistema econômico ainda está dividido e a velha economia baseada em energia fóssil (petróleo, carvão e gás) ainda é muito poderosa e agora conta com o apoio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A boa notícia que compartilho, é a decisão do Banco Mundial de deixar de financiar projetos de energia fóssil a partir de 2019. São iniciativas progressistas como esta que farão frente aos retrocessos. (mais…)...
Leia mais

IEE/USP discute consumo e emissões de carbono

O Instituto de Energia e Meio Ambiente da USP promoveu nesta 2ª feira (11), em parceria com o Centre International de Recherche sur l'Environnement et le Développement da França (CERED ) e a COPPE / UFRJ, o workshop “Evolução dos Padrões de Consumo, Convergência Ecológica e Pegada de Carbono”. No evento, pesquisadores das instituições envolvidas apresentaram resultados de estudos conduzidos no âmbito do projeto Ecopa, levantando perfil de renda, uso de energia, transporte e de eletrodomésticos, entre outros aspectos e os respectivos efeitos sobre as emissões de gás carbônico. No Brasil o uso de eletricidade atinge 2529 kWh/hab/ano e a matriz é cerca de 65% hidroelétrica e na França de 7374 kWh/hab/ano sendo 75% nuclear, que não emite CO2. (mais…)...
Leia mais

Frente Ambientalistas dos Vereadores da Grande SP traçou planejamento para 2018

Aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo, nesta 2ª feira (11), a reunião da Frente Parlamentar Ambientalista dos Vereadores da Grande São Paulo. O evento coordenado por Moacir Arruda e tendo como anfitrião o vereador Gilberto Natalini (PV), traçou o planejamento para 2018. Além de Natalini, representando a cidade de São Paulo, participaram da reunião representantes de Mogi das Cruzes, Suzano, Itatiba, Aparecida, Caieiras e Arujá.   (mais…)...
Leia mais

Frente em Defesa do SUS estabelece calendário para 2018

Aconteceu o terceiro encontro da Frente Democrática em Defesa do SUS, nesta quinta-feira (7), na sede da Associação Paulista de Medicina (APM), para estabelecer um calendário de mobilização para 2018. Foi definido que uma reunião ampliada, a ser realizada em 26 de fevereiro, às 19h30, preparará um ato público de protesto para 5 de abril, às vésperas do Dia Mundial da Saúde (7), para denunciar aos cidadãos e a mídia os principais problemas que inviabilizam uma assistência universal, integral e de qualidade. (mais…)...
Leia mais

Substitutivo trata da redução de emissão de gases de efeito estufa e poluentes da frota urbana

Na noite desta 4ª feira (6) foi aprovado no Congresso de Comissões, o substitutivo de autoria dos vereadores Gilberto Natalini (PV) e Milton Leite (DEM), ao Projeto de Lei (PL) 300/2017, que trata da redução de emissão de gases de efeito estufa e poluentes da frota urbana.  O PL deve ser aprovado em primeira votação nesta 5ª feira (7).  (mais…)...
Leia mais

Soberania, democracia e cidadania rumo ao Brasil 2022 é tema de encontro da CNTU

O 4º Encontro Nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais, Universitários e Regulamentados (CNTU) acontece em São Paulo, nesta sexta (1º), das 9 às 20 horas, com intensa programação de atividades. O vereador Gilberto Natalini (PV/SP), que é membro da CNTU, fez questão de prestigiar o encontro.  (mais…)...
Leia mais

Estadão – Em 4 anos, secas e inundações afetam 55,7 milhões de brasileiros

"Temos alertado sobre as mudanças climáticas faz anos. Suas consequências são gravíssimas. Essa matéria do Estadão é alarmante", disse Natalini.

Relatório da Agência Nacional de Águas aponta prejuízo de R$ 9 bi por ano com desastres naturais BRASÍLIA, FORTALEZA E SOROCABA - Estiagens, secas, enxurradas, inundações. Os fenômenos naturais que sempre marcaram diferentes regiões do País, que vive situação de estresse hídrico, nunca expuseram cenários tão extremos como os ocorridos nos últimos anos. Entre 2013 e o ano passado, os desastres naturais afetaram 55,7 milhões de pessoas - mais de 25% da população nacional. No total, as perdas são R$ 9 bilhões por ano. [caption id="attachment_32238" align="aligncenter" width="450"] Castanhão. Maior reservatório de água do Ceará chega ao volume morto pela primeira vez desde 2002; no sertão, moradores recorrem a carros-pipa. Foto: KD Júnior/Agência Diário - 22/11/2017[/caption] Leia mais


Saúde SUS    Meio Ambiente e Sustentabilidade    Urbanismo    Biblioteca    Demais Atividades     ComissaoDaVerdade